Vendas da Fibermaq cresceram 20% em 2013
Câmbio e negociação de duas linhas de enrolamento filamentar foram as
responsáveis pelo resultado
Sede da Fibermaq em São Paulo
 
        A Fibermaq, líder nacional em equipamen-tos para a moldagem de compósitos e poliuretano, chega ao final do ano contabili-zando um aumento de 20% no volume de vendas em comparação a 2012.
         Segundo Christian de Andrade, diretor, o bom desempenho deve-se à combinação entre dólar alto, que pressionou a concorrência durante boa parte do ano, e negociação de duas linhas de enrolamento filamentar no último trimestre – são máquinas usadas na fabricação de tubos, postes e tanques de compósitos.
        “A procura pelos equipamentos mais tradicionais, como laminadoras spray-up e gelcoateadeiras, manteve-se relativamente aquecida durante o ano. Mas o que ajudou a

impulsionar o nosso resultado foi a venda dessas duas linhas de enrolamento filamentar”, afirma. Uma delas destina-se à fabricação de tubos de compósitos com liner de PVC e já está operando. “A segunda máquina, que será entregue nos próximos dias, foi desenvolvida para produzir tanques de até 3,20 de diâmetro e 10 m de comprimento”.
         Fundada em 1978, na cidade de São Paulo, a Fibermaq é pioneira na fabricação de equipamentos para a moldagem de compósitos, PU, epóxi e adesivos em geral. Ao longo desse período, mais de 3.000 laminadoras, gelcoateadeiras, injetoras de RTM e máquinas de enrolamento filamentar, entre outras, foram comercializadas pela empresa no Brasil e em toda a América Latina.
         Para mais informações, acesse www.fibermaq.com.br

Estamos retomando a produção do newsletter bimestral Fibermaq em Notícia. Aqui, você encontrará as principais novidades sobre a nossa empresa. Também apresentaremos alguns projetos desenvolvidos pelos nossos clientes. Comentários e sugestões são bem-vindos e devem ser encaminhados para fibermaq@slea.com.br ou ligue para (11) 5511-9001.

SLEA Comunicação:
Silvio de Andrade
(11) 3554-0497
silvio@slea.com.br