A Fibermaq dois anos depois da perda do seu fundador
Como a empresa seguiu em frente sob o comando de um dos filhos de
José Batista de Andrade
José Batista de Andrade, fundador da Fibermaq
 
Já se passaram dois anos desde que a Fibermaq perdeu seu fundador, José Batista de Andrade. Ainda que a tristeza pela sua ausência seja sentida até hoje por todos que tiveram o prazer de trabalhar com ele, a Fibermaq seguiu em frente sob o comando de um dos filhos de Batista, Christian.

Mesmo diante de alguns obstáculos iniciais,
como a enorme identificação entre a empresa e seu fundador – condição que fez com que Christian passasse horas reunido com clientes para explicar que não fecharia as portas da Fibermaq –, a situação foi voltando à normali-dade. Tanto que, de lá para cá, mais do que apenas sobreviver, a Fibermaq investiu pesado
numa série de lançamentos. Entre os principais, destaque para a reformulação completa das laminadoras, gelcoateadeiras e injetoras de RTM – família Evolution.

“Também desenvolvemos uma nova máquina de RTM com CLP que será lançada, em agosto, na Plastech e um equipamento dotado de servo-motores para a aplicação de adesivos”, detalha.

A lista de novidades prossegue com máquinas sob medida para um grande fabricante de fibras de vidro; equipamentos de maior capacidade para o processo de enrolamento filamentar e gelcoateadeiras para peças pequenas, voltadas principalmente à fabricação de lavatórios. “E, em 2016, apresentaremos ao mercado uma linha de máquinas ainda mais econômicas, focadas principalmente no pequeno moldador de compósitos”.

Em julho de 2013, não faltaram apostas sobre o final da Fibermaq. Hoje, o cenário é bem diferente, e só o que permaneceu foi a enorme saudade do Batista.

Para mais informações sobre a Fibermaq, acesse www.fibermaq.com.br
 

O Fibermaq em Notícia é um informativo sobre as novidades da Fibermaq, empresa pioneira na fabricação de equipamentos para a transformação de materiais compósitos. Fundada em 1978, na cidade de São Paulo, a Fibermaq produz máquinas para o processamento de resinas termofixas, gelcoats, poliuretano, epóxi e adesivos em geral. Ao longo desses trinta anos, mais de 5.000 laminadoras, gelcoateadeiras, injetoras de RTM e máquinas de enrolamento filamentar, entre outras, foram comercializadas pela empresa no Brasil e em toda a América Latina.  Para mais informações, acesse www.fibermaq.com.br ou ligue para (11) 5511-9001.

SLEA Comunicação:
Silvio de Andrade
(11) 3554-0497
silvio@slea.com.br