Faturamento da Fibermaq subiu 12% em 2015
Empresa driblou a crise graças à combinação entre lançamentos, ajustes
de projeto e desvalorização do real
Laminadora Evolution e detalhe da nova pistola

Líder brasileira em equipamentos para a moldagem de compósitos, um tipo de plástico, a Fibermaq começou 2015 num ritmo acelerado, por conta do aumento da venda de máquinas para a fabricação de caixas d´água – tempos de chuva escassa e volume morto. Agora, apesar da crise econômica que assola o Brasil, a empresa conseguiu fechar o ano com um salto de 12% no faturamento.

A receita, descreve Christian de Andrade, diretor da Fibermaq, combina o bem-sucedido lançamento da linha Evolution – laminadoras, injetoras de RTM e gelcoatedeiras – com a correção de gargalos na família de equipamentos Inter e a desvalorização do real, que melhorou a competitividade da Fibermaq frente às marcas importadas.

“O câmbio nos ajudou, mas é importante levar em conta que fizemos a nossa lição de casa. Investimos na total reformulação do nosso portfólio, o que culminou no lançamento da família Evolution, e o feedback dos nossos clientes tem sido bastante positivo. Em paralelo, ajustamos alguns detalhes de projeto da série de máquinas Inter, melhorando a performance e, em decorrência, a aceitação do mercado”, comenta Andrade.

Para 2016 – e como forma de blindar a Fibermaq do provável recrudescimento da crise –, Andrade já programa diversos lançamentos, entre eles, uma gelcoateadeira para trabalhar com resina epóxi. “É um equipamento desenvolvido especialmente para os moldadores de compósitos que atuam no setor de energia eólica, um dos poucos, aliás, que deve continuar aquecido”. Uma família de máquinas para a venda via distribuidores – inclusive internacionais –, pistolas com mistura interna e equipamentos para a aplicação de adesivos também fazem parte dos planos da Fibermaq para o próximo ano.

Fundada em 1978, na cidade de São Paulo, a Fibermaq é pioneira na fabricação de máquinas e acessórios para a moldagem de compósitos, epóxi e adesivos em geral. Ao longo desse período, mais de 5.000 laminadoras, gelcoateadeiras, injetoras de RTM e máquinas de enrolamento filamentar, entre outras, foram comercializadas pela empresa no Brasil e em toda a América Latina.

Em 2015, a Fibermaq foi eleita pela quarta vez consecutiva Top of Mind da Indústria de Compósitos na categoria “Equipamentos” – organizado pela Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), é o principal prêmio do setor.

Para mais informações, acesse www.fibermaq.com.br


 

O Fibermaq em Notícia é um informativo sobre as novidades da Fibermaq, empresa pioneira na fabricação de equipamentos para a transformação de materiais compósitos. Fundada em 1978, na cidade de São Paulo, a Fibermaq produz máquinas para o processamento de resinas termofixas, gelcoats, poliuretano, epóxi e adesivos em geral. Ao longo desses trinta anos, mais de 5.000 laminadoras, gelcoateadeiras, injetoras de RTM e máquinas de enrolamento filamentar, entre outras, foram comercializadas pela empresa no Brasil e em toda a América Latina.  Para mais informações, acesse www.fibermaq.com.br ou ligue para (11) 5511-9001.

SLEA Comunicação:
Silvio de Andrade
(11) 3554-0497
silvio@slea.com.br